O Risco de usar o e-mail como uma ferramenta única para recebimento e gerenciamento de pedidos na internet


O mercado de E-Commerce (vendas on-line) está crescendo e várias pessoas já visualizaram essa opção de trabalho como uma forma de renda definitiva, deixando para trás o clássico emprego assalariado com carteira assinada.

Entrar nesse ramo pode trazer satisfação pessoal, gerência dos seus próprios horários de trabalho e acreditar que a cada dia, com o esforço próprio, ter um retorno financeiro e pessoal com o resultado do seu trabalho em sua própria empresa.

Algumas pessoas nunca tiveram uma oportunidade de trabalho com carteira assinada, benefícios sociais e tudo o que tem direito um empregado dentro de uma corporação. Mas, independente disso, tiveram o espírito empresarial e colocaram em prática uma ideia, e passaram a utilizar a internet como ponto de partida nessa conquista pela independência econômica.

A internet realmente consegue alavancar e fazer com que muitos negócios sejam levados ao conhecimento de potenciais consumidores, ficando para trás aquela limitação regional do seu negócio, situação essa vivida por quem negocia os seus produtos unicamente em uma loja física, seja em um ponto comercial no centro da cidade ou dentro de um grande Shopping.

A questão é que devemos ter em mente que a internet tanto pode facilitar o comércio dos produtos como pode trazer alguns inconvenientes que se não forem bem planejados, leva o empreendedor ao fracasso e consequentemente, abandonar a utilização da tecnologia para aumentar os seus ganhos.

Um exemplo desse panorama é alguns empreendedores se arriscarem a usar o e-mail como a única ferramenta para recebimento dos pedidos de seus clientes e não possuir um sistema de informática próprio para gerir e tratar esses pedidos, mensurando os atrasos ou a falta de confirmação por parte do cliente em algumas situações.

Algumas pessoas acreditam que o envio do e-mail é equiparado ao envio de uma mensagem instantânea, onde o e-mail após enviado levará alguns segundos para chegar na caixa postal do destinatário. Nem sempre isso acontece, principalmente em dias de grande pico na internet, algumas operadoras de internet com problemas momentâneos ou problemas de roteamento podem fazer com que os e-mails demorem horas, dias e dependendo do problema, nem cheguem a tempo na caixa postal do empreendedor para conseguir atender o pedido do cliente.

O cliente quando entra no site e quer adquirir um produto, principalmente se é comida, é porque naquele determinado momento, existem pessoas com fome e precisam saciar essa vontade em alguns minutos. Caso contrário, não estariam dispostas a entrar em contato com você pelo site para adquirir a comida com entrega domiciliar (Delivery).

A questão é: o cliente faz o pedido pelo site, preenche o formulário com os dados da refeição e ao final, clica em “enviar pedido”. O cliente até recebe um número (protocolo) de seu atendimento e o site informa o prazo considerado para a entrega. Entretanto, se esse pedido é enviado para a caixa postal do empreendedor, pode ser que esse pedido, não chegue aos olhos do atendente responsável pelo atendimento on-line.

Os motivos podem ser os mais variados: naquele momento o atendente não observou o e-mail que entrou e acabou “esquecendo” de mandar o pedido para a cozinha, congestionamento no provedor de internet que gera uma fila enorme de e-mails a serem enviados e outros vários motivos que podem levar ao atraso no recebimento do pedido do cliente enviado unicamente pelo e-mail.

Com certeza, o cliente vai ficar aguardando a entrega do produto que não vai ser enviado dentro do prazo devido à algum problema no recebimento do e-mail por parte da empresa que vendeu o produto. O cliente já deve ter passado o cartão de crédito e por fim, após uma espera considerável do pedido, vai ficar estressado em saber que o pedido dele nem foi processado conforme a informação durante a venda no site.

Além do cliente ficar insatisfeito pela demora, o empreendedor ficará mal visto por esse problema no atraso no recebimento do pedido enviado pelo e-mail, deixando de faturar pois provavelmente esse cliente vai solicitar o estorno do valor pago no cartão e cancelará a compra do produto, visto que a comida não foi entregue e você correrá um sério risco de ter o nome da sua empresa em um site de reclamação on-line pelo mal atendimento, que na verdade foi fruto de um atraso no recebimento do e-mail.

Com isso, é sempre importante trabalhar com vários meios de contato para que o consumidor consiga entrar em contato com a pessoa que está vendendo produtos no site para tirar um dúvida, cobrar a entrega ou até mesmo auxílio no procedimento da compra. Pode ser um telefone, um endereço físico da loja (se tiver) ou até mesmo um contato de mensagens instantâneas (skype, msn, etc).

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s