A tecnologia como uma aliada nas manifestações pelas cidades do Brasil


O Brasil, há 20 anos atrás, perdia o seu primeiro presidente do Brasil após o regime militar, pelo processo de impeachment de Fernando Collor. Era uma época em que o povo também se manifestava com a insatisfação do caminho político que o nosso país estava indo. Essa força humana, que se tornou unânime em todo o Brasil, teve o seu desfecho: a queda do presidente.

A diferença da manifestação do povo daquela época para os dias atuais que estamos vivendo é que antes, nascia os chamados “cara-pintada”, grupo de estudantes e jovens que foram na rua após um pedido do então presidente da república, Fernando Collor, que solicitou que todos fossem para rua com um lenço branco para mostrar lealdade ao presidente da nação brasileira.

O que vimos foi uma verdadeira ação contrária, o povo lutando contra a roubalheira, a corrupção e bastou um chamado na televisão para que os brasileiros se manifestassem contra o gestor nacional de nosso país.

Atualmente, as manifestações contam com vários aliados tecnológicos e que permitem uma melhor organização nos protestos e assim, gerar uma comoção nacional de amplitude até então ignorada pelos políticos. Temos as redes sociais, os torpedos de celulares, GPS e outros recursos tecnológicos que proporcionam uma verdadeira manifestação em potencial, articulando grupos de manifestantes e projetando a forma de como tudo vai acontecer nas ruas pelas cidades brasileiras.

Os políticos estão percebendo que o povo não está mais aguentando a forma como o nosso país está resolvendo as pendências sociais. A tecnologia existe e é utilizada para aumentar o efetivo de insatisfeitos que demonstram a sua raiva e insatisfação com os políticos e conseguem se organizar no mundo virtual para ter consequência no mundo real.

Essa é a nossa realidade, dessa geração que nasceu com a internet no berço. A expressão bem conhecida pela população faz jus ao seu sentido: “O povo unido, jamais será vencido!”. Com a tecnologia, essa consequência ultrapassa barreiras e chega ao noticiário dos países desenvolvidos. Estamos estampados nas capas dos principais jornais do mundo. A tecnologia nos ajuda a demonstrar que estamos insatisfeitos com a política brasileira.

A internet é uma grande aliada nesse processo democrático pois viabiliza a nossa manifestação em tempo real para todo o mundo. E já estamos colhendo os frutos dessa organização do povo. As consequências são inevitáveis. O preço das passagens de ônibus voltaram a patamares menores e outras medidas ainda virão a acontecer. Pois essa demonstração de manifestação é mais que o preço da passagem que teve um aumento no seu preço mas a qualidade do serviço prestado continua ruim. Não há uma coerência entre o que se paga e o que se tem de contraparte.

O que se via até então, era pessoas insatisfeitas que se expressavam em pequenos grupos nas redes sociais contra a política brasileira. Mas hoje, a população “acordou” e utilizou a mesma rede social que usavam para reclamar e planejaram algo novo, um protesto nacional com força e vigor.

Contudo, espero que a partir de agora, os políticos percebam a máxima da lei da física que não mente: “Toda ação gera uma reação”. Tem que ser com muita cautela qualquer tipo de ação realizado pelo poder público pois agora, sem medo de errar, basta uma ação errada do governo para o povo voltar as ruas e protestar novamente.

Para frente Brasil!

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s