O Gerenciamento de rede através de software e o impacto na produtividade corporativa


O desenvolvimento de um país, economicamente, resulta em consequências positivas para o mercado e para as empresas, que investem em infraestrutura e na sua mão de obra para qualificar os seus funcionários e torna-se uma companhia competitiva em um mercado cada vez mais acirrado.

A tecnologia veio para auxiliar nessa etapa de qualificação e ao mesmo tempo contribuiu para o bom desenvolvimento corporativo, trazendo resultados operacionais e financeiros para os seus sócios e colaboradores. Desde a revolução industrial, observamos uma participação considerável de equipamentos tecnológicos que substituíram a força humana, tornando o trabalho mais ágil e eficiente.

No setor de tecnologia, um bom gestor precisa ter no controle as informações todos os ativos de rede e conhecer de perto o que a empresa possui, para que seja possível planejar mudanças ou novos investimentos, baseados em fatos reais e não meramente desejados.

Uma vez eu escutei de um líder na empresa em que trabalho e achei muito peculiar: “você só pode gerenciar o que se pode medir”. Realmente essa expressão tem muita importância nas funções de um gestor de TI. Como poderei administrar os ativos de rede se nem conheço quantos ativos de rede são? Como planejar uma compra de um software baseado em licença por número de máquinas se eu não sei que máquinas a empresa possui?

Dessa forma, é necessário um gerenciamento de rede para que se possa pensar em administrar o setor tecnológico. A falta de um gerenciamento de rede seria o mesmo que procurar alguma coisa que não sabe o que é que se procura.

Para aumentar a produtividade corporativa é necessário ter um gerenciamento de rede pois é através dessa ação que máquinas obsoletas serão priorizadas em um planejamento de troca de maquinário, servirá de base para novos investimentos tecnológicos além de demonstrar para a companhia que o dinheiro gasto com o Setor de TI não é despesa e sim, investimento.

Sugiro aos profissionais de TI que trabalham com gestão, adquirir ou pelo menos testar alguns softwares de gerenciamento de rede para proporcionar uma melhor visão da situação tecnológica da empresa e garantir que os funcionários produzam dentro de um patamar esperado pelos sócios e gerentes.

Existem vários programas que satisfazem esse monitoramento e cito alguns: Nagios, GFI Languard, OCSInventory e o que eu uso com mais afinco é o SNMPc. Esse software, no meu conceito, deveria ser o carro chefe da companhia em termos de gerenciamento de rede pois trabalha com pacotes ICMP (ping) ou SNMP para checar os ativos de rede e realizar um mapeamento.

O interessante da utilização do gerenciamento da rede com SNMP é que através das MIB’s, o controle é mais detalhado e traz mais informações que o simples uso do ICMP. Vale a pena testar.

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s