O desafio do profissional de TI em gerar conhecimento


Após anos de estudos e de especialização, muitos profissionais de TI continuam a estudar e a aprender sobre determinados assuntos que são de pouco conhecimento entre eles. E isso não poderia ser diferente até porque na informática, a tecnologia fica obsoleta rapidamente.

Logicamente que ainda persiste algumas tecnologias que foram novidades no passado que ainda não ficaram obsoleta mas a questão é até quando eles continuarão a ser utilizados.

Com o crescimento tanto em volume quanto em qualidade, obriga ao profissional de TI vasculhar zilhões de dados, transformando em informação e tentando gerar conhecimento na velocidade que se consegue entender e aprender as novidades dessa área tão concorrida e desleal.

Algumas empresas contratam estagiários, engenheiros, administradores para gerir o parque tecnológico corporativo. O salário muita das vezes fica a desejar devido a essa promiscuidade das pessoas em aceitar por qualquer salário uma responsabilidade que deveria ser de profissionais formados em sua base educacional, com tecnologia.

O profissional de TI formado em outras áreas como Direito, Administração, Contabilidade, vai ter uma visão mais abrangente e interdisciplinar que outros profissionais que meramente são formados em tecnologia.

É comum ocorrer algumas “perseguições” virtuais de profissionais mal qualificados ou com pouca experiência na área tecnológica para tentar induzir que você não é um bom profissional. Como todos, uma vez ou outra, na vontade de passar conhecimento para as demais pessoas da área, cometemos algumas gafes como não informar de quem é o verdadeiro proprietário do conhecimento.

Diga-se de passagem que mesmo após uma centenas de publicações em sites e em várias revistas de renome (incluindo Revista Espírito Livre e ISSA Brasil) e participação em podcast (Como o StaySafe Poscast – http://www.staysafepodcast.com.br/edicoes/24-StaySafe-02-2011.mp3 , o que poucos tem esse privilégio de serem convidados para demonstrar o seu conhecimento) basta um pequeno descuido e pronto, tem alguém no seu calcanhar para tentar de derrubar.

Normal, esse é o nosso mundo. Principalmente quando as pessoas aceitam seus cargos e muitas responsabilidades em troca de um “pão”, mas não contribuem com nada na sociedade acadêmica com nenhum artigo, aula, podcast e vídeos.

O profissional de TI gosta de gerar conteúdo e também repassar outros, mas geralmente não se preocupa (mas deveria) em informar de onde o seu conhecimento está sendo repassado, quando não é gerado por si.

Diante do exposto, acredito que é um grande desafio para nós de TI gerar conhecimento e replicar para aqueles que vão aprender algo ou que querem aprender, e não para aqueles que estão dispostos a “derrubar” outros profissionais.

ATÉ A PRÓXIMA!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s