Para ser uma vítima de um criminoso na internet, basta ter uma conta no Facebook


A evolução da humanidade depende de vários fatores para que consiga alcançar um nível de desenvolvimento. Em determinados países, a violência toma conta de tal maneira que o próprio governo local, não consegue manter a ordem e a paz na comunidade, ficando a população “refém” de criminosos que prometem uma falsa segurança e sossego, em troca de um valor pago ou serviço prestado aos integrantes da quadrilha.

Essa notícia não é novidade em nenhum lugar desse mundo, apesar de muita gente ignorar o fato da existência dela. Todos os dias, em algum momento do dia, alguém será roubado, assassinado, torturado…. enfim, a violência não escolhe hora nem lugar, apenas a vítima fácil.

Nesse contexto, não é a toa que estamos cada vez mais “presos” em nossos lares e os criminosos cada vez mais a vontade para realizar as suas ações criminosas, sem importar com o dia de amanhã. A população evita sair nas ruas em horários em que poucas pessoas circulam e preferem convidar os amigos para passar a noite em festividade dentro de casa a passar em um bar na cidade e serem vítimas da violência urbana.

Todavia, o mundo gira e o desenvolvimento econômico depende das ações das pessoas. O que seriam dos bares, restaurantes, shopping e outros estabelecimentos comerciais se as pessoas não saíssem de suas casa para consumir. A economia não cresceria e não haveria demanda para tanto produto e serviço no comércio. Na certa, o resultado seria prejuízo e pouca oferta de emprego. O sistema Delivery (entrega em casa) não conseguia suprir a demanda do que é consumido ou adquirido nas próprias lojas pelos clientes.

Por isso, é necessário equilibrar o medo com o risco, não deixando de aproveitar a vida unicamente pelo fato que se sair de casa, poderá ser a próxima vítima. Ficando em casa não vai fazer com que você não seja uma potencial vítima para os criminosos, principalmente se você tem uma conta no Facebook!

A princípio, pode parecer estranho essa relação entre ter uma conta em uma rede social e ser uma possível vítima de criminosos na internet. Mas faz sentido. Os criminosos sempre estão buscando a melhor forma de ludibriar as pessoas e aguardam a oportunidade para atacar. Não é mistério que com o avanço da internet, muitas pessoas ainda não se deram conta do risco em potencial que cada um que está conectado na internet possui.

Quantas vezes, dentro da rede social do Facebook, as pessoas informam que estão viajando, que acabaram de comprar aquele carro do ano, quando vão fazer aquele cruzeiro com data de partida e retorno, quais os lugares badalados que frequentam… tudo isso é o que um criminoso virtual precisa: informação!

E pior, tem gente que escreve no Facebook como se ele fosse o seu diário, informando mais informação que deveria. É através dessas ações que os criminosos planejam as suas ações e cometem os crimes na internet ou aproveitam das informações que você passa na rede social para realizar o crime pessoalmente, arrombando a casa ou até mesmo realizando um sequestro. Vai depender das informações que você posta.

Não leve muito a sério a pergunta que toda rede social faz quando você loga nela, do tipo: “o que você anda fazendo?”.

Pare, reflita e coloque em sua mente: não é da sua conta! Quem sabe, nesse dia, você não seja a próxima vítima?

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s