Gmail aumenta espaço de armazenamento para 10 Gbytes

Nicholas Behrens, engenheiro de software do Google, anunciou que, em comemoração ao lançamento do Drive, serviço on-line de armazenamento de arquivos da empresa, o espaço do Gmail passou de 7,5 Gbytes para 10 Gbytes.

O espaço extra estará disponível para todos os usuários em 24 horas. O anúncio foi feito no blog oficial do Gmail.

O Google Drive foi lançado nesta terça-feira (24) e oferece 5 Gbytes de espaço gratuito. Quem estiver disposto a pagar por mais espaço pode investir até US$ 49,99 por mês para ter 1 Tbyte.

A iniciativa baterá de frente com um mercado dominado atualmente por serviços como Dropbox, SkyDrive, Box e CX. Por enquanto, o Google Drive está disponível para PCs com Windows, Macs e celulares com Android. Aplicativos para iPad e iPhone serão lançados em breve, segundo a companhia.

Fonte: Folha.com

Novo algoritmo do Google já pune sites que abusam do SEO

 

O novo algoritmo do Google já começou a punir sites que, embora não possuam um conteúdo bom, costumam aparecer entre os primeiros resultados de pesquisas por conta de artifícios de otimização para motores de busca.

O site Searchmetrics fez uma análise rápida dos sites que já foram punidos ou beneficiados pela mudança. O estudo considerou 50 mil palavras-chave, em 5 milhões de domínios, e comparou os 100 primeiros resultados com os encontrados na semana passada.

Entre os sites punidos estão:

losers

Curiosamente, alguns deles são redes sociais populares.

Já entre os que foram beneficiados estão:

winners

A mudança promovida pelo Google para prevenir Webspam fez o software GoogleBot, responsável pela coleta e organização de portais, ficar mais inteligente, a fim de aumentar a relevância dos resultados.

“Estamos indo atrás daqueles que enchem a página de palavras-chave, trocam muitos links ou vão além do que normalmente esperamos”, comentou o engenheiro da Google Matt Cutts, em março, durante o evento de cultura digital SXSW, realizado em Austin, nos Estados Unidos.

A Google não forneceu detalhes sobre como o algoritmo irá diferenciar conteúdo útil do Webspam, dizendo que isso iria “dar às pessoas uma forma de voltar a manipular os resultados de pesquisa e piorar a experiência dos usuários.”

A empresa diz que as mudanças afetarão cerca de 3% das consultas de pesquisa.

Memória: Em janeiro a Google já havia informado que também puniria páginas com publicidade excessiva. “Se o portal dedica grande parte da tela inicial a anúncios, ele não oferece uma boa experiência de usuário. No mesmo mês, a empresa chegou a rebaixar o próprio navegador, o Chrome, em seu motor de busca.

Fonte: IDGNow