Contas fake e dicas de como se comportar nas redes sociais

Na entrevista concedida ao programa Tribuna Notícias – SBT, pude levantar a questão das contas fakes e dar algumas dicas para evitar a super exposição dos usuários nas redes de relacionamento e formas de comportamento pessoal para evitar problemas como roubos e assaltos no mundo real com informações repassadas no mundo virtual.

Reportagem no Tribuna Notícias sobre a criação de contas fakes e dicas de como se comportar nas redes sociais.

O Risco do ransomware e a possibilidade de falência de uma empresa

Primeiramente, temos que conceituar o que vem a ser o Ransomware. Basicamente, Ransomware é um tipo de malware que restringe o acesso ao sistema infectado e cobra um valor de “resgate” para que o acesso possa ser reestabelecido.

A sua funcionalidade está direcionada em encontrar sistemas desprotegidos de qualquer antivírus ou com portas abertas (algumas variáveis de ransomware que exploram a porta 3389 – Remote Desktop – RDP) para se infiltrar no sistema e começar a fazer a “bagunça”.

Uma vez ativo, o Ransomware começa a criptografar os arquivos que vai encontrando, dependendo da extensão (.doc, .xls, .mdb, etc) utilizando uma chave de criptografia normalmente RSA-1024 ou AES-256 ocasionando em uma criptografia forte que mesmo tentando a técnica da Brute Force (força bruta), levaria centenas de anos para quebrar a criptografia.

Nesse contexto, uma empresa que for infectada com um malware no estilo do ramsonware e não tiver um backup atualizado (pior se não tiver) correrá um grande risco de ter as suas informações corporativas serem perdidas para sempre. Sem informação de clientes, financeiro, contábil, fiscal… muitas empresas podem ter que começar do zero o seu controle ou simplesmente por falta de gestão das informações, beirar a falência uma vez que não tendo acesso as informações de contas a receber, ficará sem saber quem deve a empresa e pior, a quem cobrar.

E você, já fez o seu backup hoje?

Â

Palestra sobre Tecnologia da Informação aliada ao Comércio Exterior dada no Cet-Faesa

Tecnologia da Informação é tema de palestra para alunos do CET-FAESA

Fonte: Cet-Faesa (www.cetfaesa.com.br)

Wanessa Eustachio

Os universitários das turmas dos 3° e 4° períodos dos Cursos Superiores de Tecnologia em Comércio Exterior, Gestão Comercial e Logística aprofundaram seus conhecimentos a respeito da Tecnologia da Informação através da palestra com o coordenador de TI da empresa Hiper Export, Roney Medice.

A palestra foi coordenada pelo professor Leonardo Quintas Rocha e faz parte do plano de ensino da disciplina do docente. O evento ocorreu na última quarta-feira (17), no auditório da Faculdade.

Medice apresentou a palestra com o tema “A tecnologia da informação e suas soluções para logística do comércio exterior” e explicou como a tecnologia de sistemas de informação pode apoiar e otimizar os processos de logística no contexto do comércio exterior além de métodos e ferramentas, como por exemplo, o software Sistema de Armazenamento para Recintos Alfandegários (SARA). Uma ferramenta que faz gestão de controle processual de recebimento, armazenamento, desembarque aduaneiro e exportação de mercadoria. Ao final da apresentação de Medice os alunos puderam realizar perguntas ao convidado.

 

Totvs_Cet_Faesa_Roney_Medice_Hiper_Export_01Totvs_Cet_Faesa_Roney_Medice_Hiper_Export_02Totvs_Cet_Faesa_Roney_Medice_Hiper_Export_04

3º Worshop TISaúde – Segurança Digital

No dia 30 de maio, a partir das 8h da manhã, a Emescam sediará o 3º Workshop TIsaúde, com tema central “Segurança Digital”.

Segue abaixo o banner do evento e faça a sua inscrição, é GRATUITO!

Fazer Inscrição

Roney_medice_emescam_ITSAUDE

III Simpósio de Ação Conjunta Radioamadores e Defesa Civil – 25 e 26 de abril – Vitória – ES

Prezados Companheiros Radioamadores e Agentes de Defesa Civil,

A Política Nacional de Proteção e Defesa Civil, instituída pela Lei 12.608/2012, em seu artigo 8 define que “Compete aos municípios, (…) X – mobilizar e capacitar os radioamadores para atuação na ocorrência de desastres”. Sabemos que essa premissa pode fomentar uma sociedade mais segura, preparando o radioamador como voluntário para atuar como complementação às comunicações oficiais em situações de emergência, além de estimular a boa prática radioamadorística, integrando diferentes associações de radioamadores e apresentando à sua comunidade o radioamadorismo como atividade benéfica ao público em geral.

Em função desta questão e também pelo histórico de auxílio dos radioamadores junto às entidades de Defesa Civil durante ações de emergência, várias associações de radioamadores se organizaram e estabeleceram um encontro anual para discussão destas ações.

Este Simpósio congrega as entidades que desenvolvem ações de Defesa Civil e Radioamadorismo nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo e, neste ano, apresentaremos quais foram as ações prevenção, preparação e resposta que as associações, grupos e clubes de radioamadores e entidades de defesa civil desenvolveram neste ano de 2014-2015, além de discutir questões importantes para a implementação da Política Nacional de Proteção e Defesa Civil, das leis correspondentes à atividade e a sua relação com a Defesa Civil, bem como as questões técnicas e legais na comunicação de emergência.

Desta forma, tanto para a captação de mais voluntários para o trabalho, bem como aprofundamento na discussão e troca de conhecimentos sobre Defesa Civil e Radioamadorismo, convidamos todos os companheiros a inscreverem-se para o evento na barra lateral desta página, ou pelo link

Fonte: GECRE (www.gecre.org)